Este blog nasceu porque gosto muito de cozinhar e sou uma coleccionadora de livros de receitas. Espero com o tempo vir a partilhar convosco algumas das minhas experiências de pratos salgados e doces.
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
Posts mais comentados
20
Fev
13

 

Hoje apresento-vos  uma autentica delícia que  faz parte da doçaria conventual alentejana, e creio que algarvia também, devido à abundancia de amêndoas existentes nessas regiões. É o bolo preferido cá de casa,e digno do seu nome "bolo real". Este  fiz para o aniversário do marido. É bastante húmido, pode ser feito com muita antecedência que não seca.

 

INGREDIENTES:

7 ovos

350 gr de amêndoa moída 

350 gr de açucar (se fizerem o glaçé pôr 280 gr)

1 frasco de doce de gila

1 colher de sopa de farinha

1 colher de sobremesa de fermento royal 

 

PARA O GLACÉ:

2 claras

250 gr de açucar em pó

2 colheres de sumo de limão

 

PREPARAÇÃO:

Batem-se as gemas com o açucar até obter um creme cremoso e esbranquiçado, juntar a amêndoa moída, o doce de gila e por fim a farinha. Batem-se as claras em castelo e juntam-se ao preparado anterior envolvendo com cuidado.

Unta-se uma forma de aro e forra-se com papel vegetal, e volta-se a untar o papel vegetal. Polvilha-se com farinha. Vai ao forno pré aquecido a 180º cerca de 40 minutos. Eu costumo colocar um prato com água por baixo  a meio da cozedura para não queimar, já que a massa é um pouco pesada. Não convém deixar cozer demasiado. 

 

Depois de cozido deixar arrefecer completamente antes de barrar.

 

Preparação do glacé:

Batem-se as claras em castelo,  vai-se juntando o açucar aos poucos e por fim o sumo de limão.

 

Deve-se barrar na véspera para secar o glacé.

 

 

publicado por canelanacozinha às 10:00
11
Fev
13

 

 

Para os grandes apreciadores de café deixo-vos aqui este pudim ou mousse que é mesmo uma delícia tal como o nome indica. Foi uma colega de trabalho que me deu a receita. Fiz apenas com metade dos ingredientes mas vou postar a receita original.

 

INGREDIENTES:

400 gr de açucar

10 ovos

4dl leite

8 folhas de gelatina branca

75 gr de café solúvel

 

PREPARAÇÃO:

 

 Levar um tacho ao lume com  as gemas, o açucar, o leite e o café soluvel até começar a ferver. Contar 7 minutos exatos e apagar o fogão. Juntar então a gelatina demolhada. Deixa-se arrefecer um pouco e envolvem-se as claras em castelo. Coloca-se numa forma de preferência com aro amovível para desenformar melhor. Levar ao frigorífico umas horas (eu fiz na véspera).

Na altura de servir passar uma faca em volta do pudim para desagarrar e desenformar.

 

publicado por canelanacozinha às 10:00
06
Fev
13

 

 

 Com os restos de legumes que andavam dentro do frigorifico e antes que se estragassem decidi rechear uns bifinhos de perú que ficaram deliciosos e com um aspecto muito bonito e colorido como eu gosto.

 

 

 

Fiz assim:

 

Primeiro salteei num pouco de azeite 3 cogumelos médios, 1 resto de feijão verde cortado em juliana, 1 ponta de alho francês e uma cenoura ralada. 

Bati os bifes para ficarem mais finos e maiores, temperei com sal e recheei com os legumes.  Enrolei bem e fechei com vários palitos.

Numa frigideira levei o  azeite com  4 alhos esborrachados,  deixei fritar ligeiramente os alhos e coloquei os bifes. Fui virando de vez em quando para fritarem por igual.

 

 

Acompanhei com esparguete. 

publicado por canelanacozinha às 13:52
01
Fev
13

 

No meio de tantas receitas que tenho colecionado ao longo dos anos, encontrei estas bolachinhas de manteiga que são uma gracinha e bastante fáceis de fazer. São ideais para um lanche ou pequeno almoço.

 

INGREDIENTES:

250 gr de farinha com fermento

150 gr de manteiga ou margarina

1 colher de café de pó royal

100 gr de açucar

1 pitada de sal

1 colher de sopa de água

30 gr de cacau

 

PREPARAÇÃO:

Numa tijela, misturar a farinha e o pó royal.  Abrir uma cova e colocar o açucar, a água e o sal. Misturar, acrescentar a manteiga ou a margarina ligeiramente amolecida e cortada em cubos pequenos. Amassar até obter uma massa homogénea.

Separar a massa em 2 partes iguais.

Numa das partes juntar o cacau e amassar bem. Fazer 2 bolas e colocar no frigorífico cerca de 1/2 hora.

Com cada uma das bolas fazer 2 rolos de cada cor. Achatá-las ligeiramente e colocá-las uma em cima da outra (cores alternadas) de modo a formar uma espécie de tabuleiro  de damas . Enrolar ligeiramente para unir as 4 partes.

Enrolar em pelíicula aderente e levar ao frigorífico durante 1 hora.

Aquecer o forno a 180º. Cortar em rodelas de alguns milimetros de espessura. Colocá-las no tabuleiro sobre de papel vegetal (as minhas ficaram um pouco juntas depois creceram e colaram-se umas às outras).

 

Vão a cozer cerca de 10 a 15 minutos. Retirá-las ainda moles, parece que estão cruas mas depois de arrefecer ficam duras. 

 

 

publicado por canelanacozinha às 15:50
28
Jan
13

 

 

 

Este fim de semana comprei umas lulas enormes e fresquinhas, e a melhor maneira de as cozinhar são recheadas que é como o pessoal cá de casa prefere.

A receita é bastante simples,  podem-se  rechear com os nossos ingredientes preferidos ou com o que tivermos em casa. No meu caso só recheei com os tentáculos, com ovo cozido e com chouriço.

 

Fiz assim:

 

cortei os tentáculos e as abas laterais, um bocadinho de chouriço patido muito miudinho, cebola e alho pidadinhos, 2 tomates pequenos, um pouco de azeite e refoguei tudo, quando já estava meio cozido juntei um ovo cozido partido aos bocadinhos. Depois com este preparado recheei as lulas. Fiz ourto refogado com bastante cebola, tomate e 1 dente de alho. Coloquei as lulas e deixei cozer, se estiver muito seco juntar um pouco de vinho branco. Acompanhei com batata doce e estava uma delícia!

 

 

Bom apetite!

publicado por canelanacozinha às 14:15
26
Jan
13

 

Olá a todas (os).

 

 Com estes dias de inverno o que apetece mesmo é estar no aconchego do lar e deliciarmo-nos com um cházinho quente e uns bons biscoitos caseiros a acompanhar. 

Esta  receita de bolinhos é da região do Sabugal, foi uma colega dessa zona do país que me deu a receita. Antigamente eram feitos na altura da Páscoa, mas comem-se bem em qualquer altura do ano, e, guardados dentro de um frasco de vidro ou uma lata de biscoitos aguentam muito tempo, (cá em casa desaparecem depressa). Podemos duplicar a receita mas as quantidades que indico dá para uns 30 bolinhos médios.

Vamos então à receita:

 

INGREDIENTES:

 

3 ovos (mais 1 gema para pincelar)

250 gr de açucar

500 gr de farinha (poderá levar um pouco mais, se a massa estiver muito mole)

6 cl azeite

1\2 cálice de aguardente

25 cl de leite

1 colher café de pó royal

1 colher de café de bicabornato.

raspa de limão (facultativo)

 

PREPARAÇÃO:

 

Bater os ovos com o açucar até ficar uma mistura esbranquiçada. 

Juntar os restantes ingredientes menos a farinha, bater tudo, por fim acrescentar a farinha e mexer com a colher de pau. Deixa-se descansar a massa para fintar 1 ou 2 horas.

 

Aquecer o forno a 180º. Num tabuleiro enfarinhado e com uma colher de sopa deitar colheradas com um intervalo razoável pois crescem bastante,  pincelar com a gema de ovo, (eu não pincelei mas ficam mais bonitos). Podem-se enfeitar com amendoa por cima (fiz as 2 versões).

 

 

Bom apetite!

 

 

 

tags:
publicado por canelanacozinha às 19:44
23
Jan
13

 

 

Olá a todas e todos que costumavam visitar o meu blog.

Depois de uma ausência prolongada por diversos motivos pessoais, aqui estou de novo para vos apresentar  doces e não só, que vou cozinhando, e que valem a pena ser postados, como é o caso desta deliciosa tarte  de ananás, que quando  vi as fotos no blog Rapa Tachos chamou-me logo a atenção por ter todos os ingredientes que eu gosto e que fiz para uma ocasião muito especial.

Só vos digo que todos adoraram. 

É bastante fácil de fazer, apesar de ser feita em várias fases.  Fiz umas pequenas alterações.  

 

BASE:

1 pacote de bolacha maria 

100gr de margarina à temperatura ambiente

 

RECHEIO:

1 lata de leite condensado

2 pacotes de natas

4 folhas de gelatina

1 embalagem de gelatina de ananás

1 lata de ananás pequena (sumo)

1 limão (sumo)

 

COBERTURA:

3 folhas de gelatina

6 rodelas de ananás

raspa de chocolate

 

Modo de preparação:

 

Começar por triturar as bolachas na 1, 2, 3.,  amassar juntamente com a margarina até ficar tudo ligado. Forrar o fundo de uma forma com aro amovível e levar ao frio mais ou menos 1 hora. 

Demolham-se as folhas de gelatina em água fria.  Ferver o sumo do ananás que vem na lata e deitar a gelatina de ananás, mexer bem até dissolver, misturam-se as folhas da gelatina espremidas. Junta-se o leite condensado e o sumo de limão, mexe-se . Entretanto batem-se as natas em chantilly e juntam-se ao preparado anterior.

Deita-se sobre a base de bolacha e vai de novo ao frio.

 

 Para a cobertura:

 

Demolhar as folhas de gelatina. Triturar as rodelas de ananás no liquidificador. Espremem-se as folhas de gelatina e derretem-se no micro ondas. juntam-se depois de derretidas ao ananás tritutado. Deita-se este preparado sobre a tarte já sólida e vai ao frio de um dia para o outro de preferência. 

Enfeita-se com raspa de chocolate a gosto. 

 

 

 


publicado por canelanacozinha às 15:47
07
Out
11

Já há imenso tempo que andava para fazer esta receita  mas como cá em casa andamos numa de dieta aos doces ainda não o tinha feito.  A pêra rocha  abunda no mercado a um preço bastante acessível e cá em casa todos a adoramos quer ao natural quer em bolos então resolvi faze-lo para levar par um almoço em casa do meu irmão. Todos adoram

 

 

  

 INGREDIENTES:
160g manteiga
220 gr de açúcar
4 ovos
300g farinha
2 colheres de chá de fermento
4 colheres de sopa de leite
2 a 6 peras (pus 5)
Açúcar demerara (não conheço; usei açucar de  cana) para polvilhar

Raspa de 1 tangerina (não pus)

 

 

 

 

 

PREPARAÇÃO

Bate-se a manteiga e o açúcar até ficar cremoso. Adicionam-se os ovos, um de cada vez, e bate-se muito bem. Mistura-se a farinha com o fermento, junta-se esta mistura ao preparado anterior, intercalado com o leite sem bater muito. No final adiciona-se a raspa da tangerina (não usei).
Coloca-se metade da massa numa forma de aro amovível, põe-se uma camada de peras cortadas às fatias a cobrir toda a massa.Depois coloca-se a restante massa e mais uma camada de peras. Empurram-se bem para dentro da massa.

Polvilha-se com o açúcar demerara (usei açúcar de cana). Leva-se a cozer em forno a 180º durante cerca de 30 a 45 minutos.

A receita foi retirada do blog Se7e Pecados da minha amiga Susana

  

tags: , ,
publicado por canelanacozinha às 14:00
20
Set
11

Hoje não há receitas caseiras, vou apenas partilhar algumas iguarias que vi e outras que comi durante as minhas férias. Pois como férias são para passear e descansar (não foi o caso) não houve cozinhados para ninguém!

 

 

 

MERCADO

 

 

 

QUEIJOS num mercado de rua

 

 

FRUTA EXÓTICA

 

 

 PASTELARIA

 

 

 Pai e filha a deliciarem-se com as famosas salsichas

 

 

Eu, a pensar se havia ou não de comer uma daquelas pizzas

 

publicado por canelanacozinha às 16:35
09
Set
11

Para aproveitar um bocado de abóbora que me deram decidi fazer um bocado de doce, que nestes dias frescos de fim de verão sabe muito bem de manhã com o pequeno almoço, acompanhado de requeijão ou queijo fresco, combina ás mil maravilhas. Experimentem!

 

 

 

INGREDIENTES:

1,5 Kg de abóbora

1 Kg de açucar amarelo

1 pau de canela

amêndoa lascada q.b.

 

PREPARAÇÃO:

Cortar a  abóbora em bocadinhos pequenos para uma panela, juntar o açucar e deixar até o açucar derreter. Juntar o pau de canela e levar ao lume brando até a abóbora se começar a desfazer. Para verificar se está no ponto, deitar um pouco para um prato e fazer um risco ao meio, se as duas partes ficarem afastadas está bom, se não deixar cozer mais um pouco. Eu não trituro porque gosto de encontrar os bocados da abóbora, quem quiser pode triturar, fica mais um doce mais fino.

Deixar arrefecer e juntar a amêndoa, (se junatar ainda quente a mêndoa não fica crocante). Depois é só meter em frascos fervidos, tapar, virar algum tempo o frasco para baixo e pronto. No meu caso só pus em taças, desaparece tão rápido que nem vale a pena.

 

publicado por canelanacozinha às 15:46
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Mas que bom. Gastronomia á Portuguesa no seu melho...
Água na boca. Delicioso.
esse prato também é conhecido por "jantarinho alen...
no alentejo é servido com mais caldo. tipo sopa...
Decididamente tinha ÁGUA a MAIS!
É delicioso estão me sempre a pedir para fazer !!!...
acabei de fazer cá em casa todos adoraram!! muito ...
Também deve ficar bom, mas nunca experimentei
Estive a ver a receita da sopa de cardos selvagens...
gostei muito e faz-se ràpido
blogs SAPO