Este blog nasceu porque gosto muito de cozinhar e sou uma coleccionadora de livros de receitas. Espero com o tempo vir a partilhar convosco algumas das minhas experiências de pratos salgados e doces.
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
Posts mais comentados
6 comentários
4 comentários
2 comentários
23
Jan
13

 

 

Olá a todas e todos que costumavam visitar o meu blog.

Depois de uma ausência prolongada por diversos motivos pessoais, aqui estou de novo para vos apresentar  doces e não só, que vou cozinhando, e que valem a pena ser postados, como é o caso desta deliciosa tarte  de ananás, que quando  vi as fotos no blog Rapa Tachos chamou-me logo a atenção por ter todos os ingredientes que eu gosto e que fiz para uma ocasião muito especial.

Só vos digo que todos adoraram. 

É bastante fácil de fazer, apesar de ser feita em várias fases.  Fiz umas pequenas alterações.  

 

BASE:

1 pacote de bolacha maria 

100gr de margarina à temperatura ambiente

 

RECHEIO:

1 lata de leite condensado

2 pacotes de natas

4 folhas de gelatina

1 embalagem de gelatina de ananás

1 lata de ananás pequena (sumo)

1 limão (sumo)

 

COBERTURA:

3 folhas de gelatina

6 rodelas de ananás

raspa de chocolate

 

Modo de preparação:

 

Começar por triturar as bolachas na 1, 2, 3.,  amassar juntamente com a margarina até ficar tudo ligado. Forrar o fundo de uma forma com aro amovível e levar ao frio mais ou menos 1 hora. 

Demolham-se as folhas de gelatina em água fria.  Ferver o sumo do ananás que vem na lata e deitar a gelatina de ananás, mexer bem até dissolver, misturam-se as folhas da gelatina espremidas. Junta-se o leite condensado e o sumo de limão, mexe-se . Entretanto batem-se as natas em chantilly e juntam-se ao preparado anterior.

Deita-se sobre a base de bolacha e vai de novo ao frio.

 

 Para a cobertura:

 

Demolhar as folhas de gelatina. Triturar as rodelas de ananás no liquidificador. Espremem-se as folhas de gelatina e derretem-se no micro ondas. juntam-se depois de derretidas ao ananás tritutado. Deita-se este preparado sobre a tarte já sólida e vai ao frio de um dia para o outro de preferência. 

Enfeita-se com raspa de chocolate a gosto. 

 

 

 


publicado por canelanacozinha às 15:47
09
Nov
10

 

Já tinha postado aqui uma tarte de alho francês, hoje trago uma de massa folhada com frango e espinafres, que é também deliciosa.

 

 

 

INGREDIENTES:

1 base de massa folhada de compra

1 molho de espinafres

resto de frango assado ou outro

3 dentes alho

1 pacote de natas

1 copo de leite

2 ovos

queijo ralado

azeite q.b.

 

PREPARAÇÃO:

Refogar os alhos inteiros no azeite até estarem com uma cor dourada, juntar os espinafres crus e deixar cozer no líquido que vão deitando. No copo da varinha mágica, juntar as natas, o leite, os ovos e um pouco de sal, e bater tudo. Desfiar o frango e juntar aos espinafres, deitar metade do preparado anterior e mexer. Untar a tarteira e  pôr a massa folhada, espalhar  por  cima o recheio. Deitar o resto do creme, polvilhar com queijo ralado e cozer em forno aquecido a 18oº cerca de 35 minutos.

publicado por canelanacozinha às 08:31
24
Out
10

Apresento aqui hoje uma de várias receitas que gosto de  fazer com requeijão. E digo-vos, vale a pena experimentar!

 

 

INGREDIENTES:

 

200 gr de farinha

25 gr de açucar

100 gr de margarina

4 ovos (1 para a massa, os restantes para o ceme)

2 requeijões

raspa de 1 limão

sumo de 1/2 limão

200 gr  de açucar

2 colheres sopa água

 

PREPARAÇÃO:

 

Faz-se uma massa com a farinha, 25 gr de açucar, a margarina cortada aos bocadinhos e à temperatura ambiente, o ovo e a água. Trabalha-se tudo junto com as pontas dos dedos até estar tudo ligado. Faça uma bola e deixe descansar no frigorífico cerca de 2 horas.

Ao fim desse tempo (eu deixei menos), estique a massa e forre a tarteira, pressione bem no fundo e nos bordos. Pique a massa com um garfo e leve a cozer em forno quente  180º, cerca de 20 minutos. Enquanto arrefece prepare o creme. Bata as gemas com o açucar até obter um creme esbranquiçado, junte os requeijões desfeitos com um garfo ou as pontas dos dedos, a raspa e sumo de limão. Bata as claras em castelo e adicione ao preparado anterior com cuidado. Deite sobre a massa cozida e leve de novo ao forno para cozer o creme cerca de 30 minutos.

 

publicado por canelanacozinha às 09:07
19
Out
10

 

Esta tarte é tão boa que desaparece num instante. Desta vez aumentei a receita e fiz 1 receita e meia, como a minha forma de tarte é pequena tive que fazer noutra sem fundo amovível que forrei com papel vegetal, para a poder retirar direita.

 

INGREDIENTES:

 

Para a massa:

125 gr de farinha

75 gr de margarina

50 gr de açucar

1 gema de ovo

1 colher de café de fermento em pó

 

Para o recheio:

700 gr de pêras maduras

50 gr de margarina

200 gr de açucar (ponho 1 pouco menos)

2 ovos inteiros

 umas gotas de sumo de limão

 

PREPARAÇÃO:

 

Sobre a pedra da cozinha faça um monte com a farinha, abra-lhe uma cavidade ao centro e deite aí a margarina, o açucar e o fermento. Amasse bem, junte a gema e continue a amassar com as pontas dos dedos. Envolva depois tudo com a farinha e, com as palmas das mãos, amasse bem para obter uma massa areada. Deixe repousar meia hora.

 

 

Polvilhe a pedra da bancada com farinha e estenda a massa com o rolo (eu prefiro pôr a massa directamente na forma e ir esticando com os dedos do centro para os bordos). Forre a tarteira  com a massa.

 

 

Descasque as pêras, corte-as em oitavos e disponha-as sobre a massa  de modo a cobrir todo o fundo. Junte à margarina derretida o açucar e mexa bem. Adicione os 2 ovos e as gotas de limão e continue a mexer para ficar bem ligado. Deite esta mistura sobre as pêras e leve a cozer no forno a 180º cerca de  40 a 50 minutos.

 

 

Esta receita foi reirada da Télé culinária Nº 3. Há tanto tempo!!

 

tags: ,
publicado por canelanacozinha às 07:57
12
Out
10

 

 

 

Esta tarte é uma receita que faço há muitos anos, é rápida e é um prato que não precisa de acompanhamento, poderá substituir os alhos franceses por espinafres ou outros legumes a gosto.

 

INGREDIENTES:

 

Para a massa:

250 gr de farinha com fermento

1 gema (guardar a clara para o recheio)

1/2 chávena de café de água morna

100 gr de margarina

 

Para o recheio:

2 alhos franceses

3 ovos + a clara

1 chávena de leite

1 pacote de natas de soja

1 colher de chá mal cheia de sal

noz moscade

1 dente de alho

queijo ralado q.b.

 

 

PREPARAÇÃO:

 

Colocar a farinha na pedra da cozinha, abrir um buraco e colocar a margarina cortada em quadrados pequenos e à temperatura ambiente, um pouco de sal, a gema de ovo e um pouco de água morna. Amassar tudo com as pontas dos dedos, acrescentar mais um pouco de água se necessário. Quando a massa estiver toda ligada, fazer uma bola e deixar descansar meia hora.

Entretanto prepare o recheio. Cortar os alhos franceses depois de bem lavados, às rodelas e levar a lume brando dentro de uma frigideira com um pouco de azeite, qundo os alhos estiverem a ficar transparentes retirar do lume. Colocar dentro do copo da varinha mágica o leite, os ovos mais a clara, as natas de soja, o sal, o alho descascado e um pouco de noz moscade. Bater tudo com a varinha mágica. Reservar.

Colocar a massa dentro de uma forma com fundo amovível e ir empurrando a massa, do meio para os lados, com a ponta dos dedos até a forma estar toda forrada com a massa. Pôr o estufado de alho francês em cima da massa, o preparado líquido dos ovos, leite e natas e por cima queijo ralado.  Eu costumo pôr mozarella porque tem um sabor mais suave.

Levar a forno pré-aquecido a 180º cerca de 35 minutos.

 

 

publicado por canelanacozinha às 07:14
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Mas que bom. Gastronomia á Portuguesa no seu melho...
Água na boca. Delicioso.
esse prato também é conhecido por "jantarinho alen...
no alentejo é servido com mais caldo. tipo sopa...
Decididamente tinha ÁGUA a MAIS!
É delicioso estão me sempre a pedir para fazer !!!...
acabei de fazer cá em casa todos adoraram!! muito ...
Também deve ficar bom, mas nunca experimentei
Estive a ver a receita da sopa de cardos selvagens...
gostei muito e faz-se ràpido
blogs SAPO