Este blog nasceu porque gosto muito de cozinhar e sou uma coleccionadora de livros de receitas. Espero com o tempo vir a partilhar convosco algumas das minhas experiências de pratos salgados e doces.
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
17
18
20
21
23
27
28
29
subscrever feeds
Posts mais comentados
11
Nov
10

 

 

Hoje é dia de S. Martinho, é dia de provar o vinho novo acompanhado de umas boas castanhas.

 

Eu não tenho vinho novo, nem tão pouco água pé, mas tenho umas boas castanhas que assei na máquina de fazer pão, e ficaram uma delícia!!

 

Aqui deixo a lenda do famoso santo "Martinho".


Diz a lenda que quando um cavaleiro romano andava a fazer a ronda, viu um velho mendigo cheio de fome e frio, porque estava quase nu.
O dia estava chuvoso e frio, e o velhinho estava encharcado.
O cavaleiro, chamado Martinho, era bondoso e gostava de ajudar as pessoas mais pobres. Então, ao ver aquele mendigo, ficou cheio de pena e cortou a sua grossa capa ao meio, com a espada.
Depois deu a metade da capa ao mendigo e partiu.
Passado algum tempo a chuva parou e apareceu no céu um lindo Sol.

 

1ºano Sala 7, E.B.1 - Nº2 da Rinchoa.

 

 

 

tags:
publicado por canelanacozinha às 19:39

 

Aqui está mais um bolo delicioso. A sua textura é muito leve, daí o seu nome "colchão de noiva" . Esta receita foi-me dada por uma antiga colega que já não vejo há muito tempo; a Conceição (um grande beijinho para ti).

 

INGREDIENTES PARA O BOLO:

4 ovos

150 gr de açucar

100 gr de fécula de batata

1 colher de sopa de farinha

1 colher de chá de fermento

sumo de 1 laranja

 

Paro o creme:

3 gemas

100 gr de açucar

3 colheres  de sopa de farinha maizena

cerca de 1/2 l de leite

 casca de limão (1 tira)

1 pau de canela

 

PREPARAÇÃO:

Batem-se as claras em castelo, junta-se o açucar continuando a bater, envolve-se  a farinha misturada com o fermento, a fécula de batata, o sumo de laranja e as gemas. Vai ao forno pré aquecido cerca de 35 minutos.

Creme:

Ferver o leite com a casca de limão, o açucar e o pau de canela,  juntar a farinha maizena desfeita com as gemas, vai-se mexendo sempre (cuidado para não deixar cozer as gemas), assim que começar a querer levantar fervura desligar o fogão.

 

Cortar o bolo ao meio e rechear com metade do creme, o restante é para barrar . Polvilha-se com canela, côco ou chocolate. Não se resiste a uma só fatia!

 

publicado por canelanacozinha às 09:06
10
Nov
10

 

 

Quando vi este bolo no blog da minha amiga Suzi, pensei logo que tinha que o fazer, e não estou nada arrependida, pois tal como os comentários indicavam é mesmo delicioso!

 

INGREDIENTES:

 

400 gr de farinha

50 gr de açucar

2 colheres de chá se fermento seco

1/2 cplher de chá de sal

75 ml de leite

55 gr de margarina

60 ml de água

1 1/2 colher de café de essência de baunilha

2 ovos

 

RECHEIO:

55 gr de margarina

100 gr de açucar

raspa de 1 limão

raspa de 1 laranja

 

COBERTURA:

100 gr de queijo tipo Philadelfia

35 gr açucar em pó

1 colher sopa de leite

1 colher se sopa de sumo de limão

 

PREPARAÇÃO:

Misturar todos os ingredientes na cuba da MFP, tendo o cuidado de pôr primeiro  líquidos e a seguir os sólidos. Utilizar o programa "Massas". Quando terminar o ciclo retirar para a pedra enfarinhada e amassar mais um pouco, formar um rectângulo de 50x30, com a ajuda do rolo da massa.

 Pincelar com a margarina derretida. Cortar em 5 tiras de 10x30cm. Barrar cada tira com a mistura de raspas de laranja/limão/açucar. Sobrepor as tiras.

 

Cortá-las em 6 bocados iguais. Colocar cada bocado com a parte cortada virada para cima, dentro de uma forma de bolo inglês untada com margarina e polvilhada com farinha, (eu usei papel vegetal, não é preciso untar).

Deixar levedar pelo menos 30 minutos (eu só o cozi passado 2 horas) e levar ao forno aquecido a 180ª durante cerca de 35 minutos ou até estar com uma côr dourada.

Deixe arrefecer dentro da forma, uns 15 minutos. Passado esse tempo desenforme e barre com a mistura de queijo/açucar em pó/leite/sumo de limão tudo bem batido.

 

Esta receita foi retirada daqui

publicado por canelanacozinha às 08:49
09
Nov
10

 

Já tinha postado aqui uma tarte de alho francês, hoje trago uma de massa folhada com frango e espinafres, que é também deliciosa.

 

 

 

INGREDIENTES:

1 base de massa folhada de compra

1 molho de espinafres

resto de frango assado ou outro

3 dentes alho

1 pacote de natas

1 copo de leite

2 ovos

queijo ralado

azeite q.b.

 

PREPARAÇÃO:

Refogar os alhos inteiros no azeite até estarem com uma cor dourada, juntar os espinafres crus e deixar cozer no líquido que vão deitando. No copo da varinha mágica, juntar as natas, o leite, os ovos e um pouco de sal, e bater tudo. Desfiar o frango e juntar aos espinafres, deitar metade do preparado anterior e mexer. Untar a tarteira e  pôr a massa folhada, espalhar  por  cima o recheio. Deitar o resto do creme, polvilhar com queijo ralado e cozer em forno aquecido a 18oº cerca de 35 minutos.

publicado por canelanacozinha às 08:31
08
Nov
10

Eu adoro tudo que leva fruta, quer seja doces, semi-frios, bolos, pudins, até mesmo a fruta sózinha, que é como nos faz melhor! Mas hoje vou aqui deixar mais uma receita de mousse de manga que se faz em 3 tempos e fica maravilhosa!

 

 

INGREDIENTES:

1 lata de polpa de manga

1 lata de leite condensado

2 iogurtes naturais

6 folhas de gelatina

 

PREPARAÇÃO:

Bater ligeiramente o leite condensado, juntar os iogurtes, a polpa de manga e continuar a bater até estar tudo misturado. Dissolver no micro ondas as folhas de gelatina previamente demolhadas, e juntar ao preparado: Mexer, deitar em copos ou em taças e levar ao frigorífico umas 2 horas.

 

 

 

publicado por canelanacozinha às 08:50
07
Nov
10

 

Ingredientes:

300 gr de miolo de camarão

300 gr de berbigão

500 gr de camarão com casca

delícias do mar

2 toamtes

1 cebola

coentros

2 mãos cheias de arroz por pessoa

 

Preparação

Fazer o refogado com a cebola e os tomates, (eu depois passo com a varinha mágica, por causa dos esquesitos que não gostam de encontrar a cebola e o tomate) cozer o marisco em separado. Deita-se o dobro e mais um pouco da água onde se cozeu o marisco, ao refogado, quando ferver juntar o arroz e deixar cozer 15 minutos, convém ficar com bastante caldo. Deitar o marisco já cozido e as delícias do mar. Picar os coentros e deitar por cima.

 

publicado por canelanacozinha às 07:52
06
Nov
10

Estes bolinhos aguentam muito tempo, desde que gardados dentro de frascos de vidro ou latas. Ideais para acompanhar com um bom chá ou um café,  nestes dias de Outono

 

 

Ingredientes:

250 gr de açucar amarelo

canela em pó

mel e azeite  de cada 2,5 dl

1 cálice aguardente

2 coleres de chá de fermento em pó 

raspa de limão

farinha q.b.

1 gema de ovo para pincelar

 

Preparação:

Juntam-se todos os ingredientes, menos a farinha e bate-se até engrossar. Junta-se a farinha, amassa-se com as mãos até obter uma massa que se possa tender em bolinhos redondos. Pincelam-se com gema de ovo Cozem-se em tabuleiro polvilhado com farinha, em forno a 180º cerca de 20 minutos.  

 

 

tags: ,
publicado por canelanacozinha às 08:46
05
Nov
10

 

 

O polvo é em quantidade a quarta espécie mais pescada e desembarcada em Portugal.  

 

1 polvo com cerca de 1,5 Kg

1 cebola grande

1 cabeça de alhos

1 ramo de coentros

3 batatas pequenas por pessoa

1 piri piri

2 dl azeite

 

PREPARAÇÃO:

Cozer o polvo na panela de pressão, ainda congelado, durante cerca 20 minutos. Assar as batatas inteiras no forno com bastante sal.

Numa fridideira ou tacho, fritar os alhos laminados juntamente com a cebola às rodelas, quando começar a ficar transparente, desligue o fogão.

Corte polvo pelos tentáculos. Depois das batatas assadas dê-lhe um murro, junte-as ao polvo, deite por cima, os alhos com a cebola e o azeite e leve ao forno por 10 a 15 minutos. Pique os coentros e deite por cima.

 

publicado por canelanacozinha às 08:24
04
Nov
10

Eu adoro batata doce, cozida, assada, simples,  como acompanhamento de carne ou peixe, em doces, de qualquer maneira. Hoje trago uns bolinhos de requeijão com batata doce, a sua textura é muito leve e ficam muito fofinhos.

 

INGREDIENTES:

200 gr de açucar amarelo 

400 gr de batata doce

1 requeijão

1 ovo

1 colher sopa de canela

1 colher de sopa de erva doce

1 colher de chá de fermento

1 colher de sopa de margarina

1/2 cálice de aguardente

+- 250 gr de farinha normalmente leva sempre mais

 

PREPARAÇÃO:

Começar por cozer as batatas doces, reduzi-las a puré, juntar a margarina  e o açucar mexer, deixar arrefecer um pouco. Seguidamente junte a aguardente, mexa, junte o ovo e a farinha com a canela e a erva doce e amasse, junte o requeijão desfeito com um garfo . Vá acrescentando mais farinha até se conseguirem moldar os bolinhos. Colocam-se em tabuleiro polvilhado com farinha, pincelam-se com gema de ovo, (eu pincelei uns com leite outros com gema de ovo). Vai a forno quente a 180º cerca de 25 minutos

 

 

publicado por canelanacozinha às 07:58
03
Nov
10

 

Esta receita tradicional da cozinha portuguesa terá sido criada por um taberneiro do Bairro Alto chamado Brás. É dos pratos típicos que agrada tanto a miúdos como graúdos. As receitas não variam muito umas das outras, os ingredientes são sempre os mesmos, no entanto o paladar varia de pessoa para pessoa. Hoje apresento a minha receita que costumo fazer quando tenho tempo, pois é bastante moroso, quando o tempo é pouco, faço a versão prática e rápida, (batata pacote e bacalhau já desfiado) mas...,não é bem a mesma coisa! A fotografia não favoreceu o prato; o bacalhau estava com uma cor amarela escura. Não sei se foi do fotógrafo, se da máquina, ou se foi dos dois!

 

Ingredientes:

2 boas postas de bacalhau que desfio na altura e ponho de molho enqanto preparo o resto.

4 ou 5 batatas médias (para ser mais rápido normalmente descasco na véspera e deixo de molho; a batata fica mais rija e corta-se melhor)

1 cebola grande

1 dente alho

azeite q.b.

salsa picada (não pus porque não tinha)

 

Preparação:

Primeiro corto as batatas palha e vou-as fritando, deixando-as mais moles que duras. Enquanto frita a primeira dose, faço o refogado com a cebola e o alho. Lavo o bacalhau já desfiado em água corrente dentro de um passador para perder o sal, vou provando para saber se ainda está salgado. Espremo e junto à cebola, envolvo tudo e levo ao lume alguns minutos. À medida que as batatas vão fritando, vou-as juntando ao bacalhau. Envolvo tudo, bato 4 ovos com uma pinga de leite, misturo tudo e mexo bem. Não deixo cozer muito para não ficar muito seco.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por canelanacozinha às 07:55
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Boa noite. Fiz geleia e já passaram 6 dias e ainda...
Penso que também dá.
Olá, não dá mesmo para fazer com massa filo!Já a c...
Eu diria melhor:todo o "cozido de grão" é rematado...
Mas que bom. Gastronomia á Portuguesa no seu melho...
Água na boca. Delicioso.
esse prato também é conhecido por "jantarinho alen...
no alentejo é servido com mais caldo. tipo sopa...
Decididamente tinha ÁGUA a MAIS!
É delicioso estão me sempre a pedir para fazer !!!...
blogs SAPO